Reformados estrangeiros recebem as suas pensões livres de IRS. O Parlamento aprovou uma alteração ao código do IRS que deverá permitir aos reformados estrangeiros que passem parte do ano em Portugal receberem as suas pensões livres de IRS. O “Jornal de Negócios” escreve hoje que “os estrangeiros que passem parte do ano em Portugal poderão receber as suas pensões livres de qualquer IRS a partir de janeiro de 2013”, de acordo com as alterações ao Código do imposto aprovadas no Parlamento. Segundo avança o jornal, “os consultores fiscais estão convencidos que esta medida é uma importante fonte de atração de reformados e com elevado poder de compra,  concretizando a ideia de fazer de Portugal a Flórida da Europa”.